sábado, 10 de dezembro de 2011

"As iniciativas de grande peso e oportunidade..."


- Mas eu deixei pra trás muito mais coisas por ela do que ela deixou por mim.
- Não pensa assim não. Ela deixou coisas pra trás por você. Talvez o pouco que ela tenha deixado seja muito mais representativo pra ela do que as coisas que você teve de abrir mão, representaram pra você. Não digo que tenha sido assim, mas o peso e a medida dessas coisas você nunca vai saber. É íntimo demais, é pessoal demais. Você tem que se concentrar no que você quer nesse momento. Se quer se arriscar, se quer desistir ou se quer somente seguir em frente. E, óbvio, aceitar as consequências de suas escolhas. Nunca se esquecendo que a Terra continuará cumprindo seu ciclo em torno do próprio eixo, ou seja, o tempo não vai parar por você nem por ninguém. Leveza meu amigo, leveza, sobretudo nas coisas do coração.

domingo, 18 de setembro de 2011

A eternidade e as horas


" Não há nenhuma medida de tempo nesse caso, um ano de nada vale, e mesmo dez anos não são nada. Ser artista significa: não calcular nem contar; amadurecer como uma árvore que não apressa a sua seiva e permanece confiante durante as tempestades de primavera, sem o temor de que o verão não possa vir depois. Ele vem apesar de tudo. Mas só chega para os pacientes, para os que estão ali como se a eternidade se encontrasse diante deles, com toda a amplidão e a serenidade, sem preocupação alguma. Aprendo isto diariamente, aprendo em meio a dores às quais sou grato: a paciência é tudo!"

Rainer Maria Rilke - Cartas A Um Jovem Poeta.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Magdala


"...mas enfim, estás na idade, aproveita, uma coisa não empata a outra, há um tempo para comer e um tempo para jejuar, um tempo para pecar e um tempo para ter medo, um tempo para viver e um tempo para morrer."

José Saramago, O evangelho segundo Jesus Cristo.

sábado, 30 de julho de 2011

Ou Hamuretsu


Gostaria de agradecer a todos os envolvidos nessa fantasia: Márcio Moreira, obrigado pelo presente e pela confiança, muito mesmo, Kátia Jorgensen, valeu a paciência e o carinho, Rangel Andrade, sem você o que seria de mim, Pedro Naine, valeram as dicas, Mariana Giacomelli, Rodney Gatto, Fábio de Sá, Roberta Costta e Ana Lima... BRIGADÚ! Parabéns a todos e espero não ter atrapalhado muito. INESQUECÍVEL. Bjo no coração de cada um.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Vollmond

Um pouco de MOVIMENTO

sexta-feira, 25 de março de 2011

quinta-feira, 24 de março de 2011

A ciência se dobra às profecias | GnosisOnline

eternidade2

Texto sobre mudanças físicas no comportamento da Terra e suas relações com as profecias. Não acredito em tudo, mas algumas coisas fazem sentido, embora sejam questionáveis .

A ciência se dobra às profecias | GnosisOnline

domingo, 13 de fevereiro de 2011

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Agora


Esvazie tudo. Coloque para fora lentamente,
um por um. Acomode no chão, em fileiras,
cobrindo toda a superfície do chão, do que
é chão. Só no chão as coisas chegam ao fim.
Deixe queimar. A chama vai
destruir tudo o que não é realmente necessário.
Alguma coisa deve restar. Deve.
Mas caso não sobre nada, não se apavore.
Assim será melhor, recomeçar.
Não varre as cinzas. Deixe que o vento leve. Lembre-se
que o fim não fará com que as coisas deixem
de existir. O fim apenas leva as coisas pra
outro lugar.
Depois respire fundo por muitos dias, em
silêncio. Pronto, nada mais
import. Fique apenas com o seu olhar vazio, puro, petrificado.
Quando a primeira chuva cair tudo será novo, de novo.